English     Español

AERONAVES

anterior

Convair CV-240
1954-1969

próximo

 

A VARIG, de 1954 a 1969, operou com os CV-240 a maioria de suas linhas. No início da década de 50 o Convair 240 era uma das aeronaves mais rápidas do mundo. A sua excepcional velocidade em torno de 435 Km/h, foi um dos fatores decisivos para a sua incorporação à frota VARIG, tendo em vista que houve uma apreciável redução de tempo das viagens, fator preponderante numa nação de extensão territorial como o Brasil. A VARIG possuiu treze exemplares e com eles manteve tráfego regular entre as principais cidades brasileiras, Montevidéu e Buenos Aires. O Convair 240 foi também a primeira aeronave da VARIG utilizada na Ponte Aérea Rio de Janeiro - São Paulo.
Diferentemente do Douglas DC-3 e Curtiss C-46, que foram aeronaves usadas na Segunda Guerra Mundial, o Convair 240 foi projetado especialmente para a aviação comercial, dando muito mais conforto ao passageiro como cabine pressurizada e climatizada, voo em altas altitudes (com menos turbulência) e menor barulho. O Convair 240 também trouxe outras inovações como trens de pouso triciclos e hélices de passo reversível. Foi o Convair 240 da VARIG que inaugurou a primeira pista de concreto do aeroporto de Porto Alegre.
Com a compra dos novos e modernos aviões americanos, pilotos e mecânicos da VARIG foram levados aos EUA para realizar cursos completos para as aeronaves.
Após a compra da Real-Aerovias-Nacional, a VARIG passou a operar as versões Convair 340 e Convair 440. Ambas as versões possuíam melhorias em relação a versão Convair 240.
Primeiramente a VARIG recebeu cinco unidades, PP-VCK, PP-VCN, PP-VCO, PP-VCP e PP-VCQ. No final da década de 50 a VARIG adquiriu mais oito unidades, completando treze aeronaves: PP-VCR, PP-VCV, PP-VCW, PP-VCX, PP-VCY, PP-VCZ, PP-VDG e PP-VDH.
Com a compra da Real-Aerovias-Nacional, em 1961, a VARIG somou a sua frota seis Convair 340 e sete Convair 440.

 

 

Nº de unidades operadas 13
Construtor Consolidated Voultee Aircraft Corp., EUA
Motor dois Pratt & Whitney , R-2800 CB 17 de 2500 HP
Envergadura da asa 27,97 m
Comprimento 22,76 m
Altura 8,20 m
Velocidade de cruzeiro 435 Km/h
Alcance de vôo 2895 Km
Altitude máxima de vôo 9150 m
Autonomia de vôo 6hs 30 min
Peso da aeronave vazia 12684 Kg
Peso máximo de decolagem 19525 Kg
Tripulação técnica 03 (2 pilotos e 1 rádio-telegrafista)
Lotação máxima 40 passageiros
Pista mínima para decolagem 900 m
Pista mínima para pouso 900 m

 

 

 

PÁGINA INICIAL

História
Anos 20
Anos 30
Anos 40
Anos 50
Anos 60
Anos 70
Anos 80
Anos 90
Anos 2000

 

Aeronaves
Dornier Wal "Atlântico"
Dornier Merkur "Gaúcho"
Klemm L-25
Junkers A-50
Junkers F-13
Messerschmitt 108 "Taiffun"
Messerschmitt M20
Junkers JU52
Fiat G2
De Havilland DH89A
Lockheed Electra I
Nordwyn UC641
Douglas DC-3
Curtiss C-46

Convair 240
Lockheed Super G Constellation
Caravelle 1
Boeing 707-441
Douglas DC-6
Lockheed Electra II
Convair 990A
Douglas DC-8-33
Boeing 707-320
HS-748 "Avro"
Boeing 727-100
Boeing 737-200
Douglas DC-10-30
Airbus A300B4
Boeing 747-200
Boeing 747-300
Boeing 767-200ER
Boeing 737-300
Boeing 767-300ER
MD-11
Boeing 747-400
Boeing 737-700
Boeing 737-800
Boeing 777-200ER
Boeing 757-200

 

Rotas

 

Website
1996
2000
2002
2004
2005

 

Grupo Varig
Fundação Ruben Berta
FRB-PAR
VPSC
Ícaro Brasil
Rio Sul e Nordeste
Varig Cargo e Varig Log
Varig VEM

 

 

Marketing
1927-1969
Anos 70 e 80
Anos 90 e 2000

 

Design

 

Coleções
A bordo
Cartão Postal, Imagens e outros
Imagens das aeronaves
Logotipos & Passagens
Time Table