English     Español
 
Fundação Ruben Beta > FRB-Par  > VARIG

 > VPTA

 > VPSC

 > Varig Cargo/Varig Log, Varig VEM, Pluna Uruguay

 > Rio Sul, Nordeste, Rotatur

 > SATA, Tropical, Amadeus Brasil, Varig Travel, Ícaro Brasil

 

 

Nos anos 40 havia uma tendência de estatização do setor aeronáutico, com a possibilidade de criação de uma espécie de “aerobrás”. Como forma de proteger a VARIG e seus funcionários, Ruben Martin Berta, então presidente da empresa, levou à assembleia geral de acionistas da empresa a ideia de se constituir uma fundação para prestação de benefícios sociais aos empregados da empresa e que, ao mesmo tempo detivesse seu controle acionário. Inspirado nas encíclicas papais Rerum Novarum e Quadragesimo Anno e na obra de Jean-Jacques Rousseau, O Contrato Social, Berta imaginou uma forma de capitalismo social “em que ninguém ganha e que todos ganham”.

Sendo assim, por iniciativa do então presidente da empresa surge, em 1945, a Fundação de Funcionários da VARIG, com estrutura e finalidade inéditas no país: prover benefícios àqueles funcionários e familiares, preferencialmente com recursos advindos da lucratividade da empresa. Para isso, Berta convenceu os acionistas a doarem 50% das ações da empresa para a Entidade, mais uma dotação em dinheiro próxima ao valor dessas ações, para que a Fundação pudesse entrar em operação imediatamente. Ao longo dos anos, aumentou essa participação acionária até controlar 87% do capital votante da empresa. A primeira assembleia da Fundação ocorreu no dia 29 de dezembro de 1945.

 

Por que uma fundação?
Fundações são pessoas jurídicas diversas das sociedades civis e mercantis. Uma fundação não é uma associação de pessoas, mas um patrimônio com uma finalidade de utilização. Não pode, portanto, se dissolver entre os participantes, pois estes não são cotistas ou proprietários de uma fração.

 

No início, todos os funcionários e aposentados da VARIG eram filiados à Fundação. E depois todos os funcionários do grupo, inclusive os da própria Fundação, passaram a ser filiados.

Em 1966 após a morte de seu criador, a entidade mudou seu nome para Fundação Ruben Berta. Em 1999 foi criada a holding FRB-Par Investimentos Ltda. para administrar sua participação acionária nas diversas empresas que compõem o Grupo VARIG. E em 2000 foi criada a holding FRB-Par para gerir as empresas controladas pela Fundação Ruben Berta, responsáveis por gerar os recursos para os benefícios que concede.

O Conselho de Curadores acumula a função de Conselho de Administração da holding, indicando os membros dos Conselhos de Administração das empresas do grupo. Os resultados financeiros destes investimentos serão recursos que a Fundação utilizará para a concessão de benefícios aos seus filiados e seus dependentes.

 

Círculo Virtuoso
A experiência socializante da Fundação Ruben Berta é a mais bem-sucedida de que se tem notícia no Brasil. Em vez de repartir as ações da empresa – ou seus lucros e prejuízos – com os empregados do Grupo FRB-Par, a Fundação socializa os resultados dessa lucratividade. Os dividendos que recebe são revertidos aos filiados em forma de benefícios sociais. O artigo primeiro do Estatuto prevê uma série de benefícios visando cobrir lacunas no atendimento das necessidades dos beneficiários, e vem sofrendo adaptações, na medida em que essas necessidades também se modificam. A Fundação provê benefícios e auxílios, firma convênios e mantém uma estrutura de serviços médicos, de nutrição, serviço social e atividades desportivas e culturais. Com essa atuação, a Fundação promove uma melhoria na qualidade de vida dos funcionários do Grupo FRB-Par, aumentando sua motivação e comprometimento. Isso permite que as empresas busquem o aumento de produtividade, cujos resultados virão a se constituir em mais recursos para a prestação dos benefícios. É o chamado Círculo Virtuoso da Fundação Ruben Berta: quanto mais bem atendido estiver o funcionário, melhor poderá produzir; quanto melhor produzir, mais resultados a empresa terá; quanto mais resultados, mais recursos para atendimento do funcionário. Um ciclo sem fim nem começo que beneficia a todas as partes.

 

Filiado: Cliente e Dirigente
Numa época em que muito se falam e se estudam os modelos de gestão empresarial, a Fundação Ruben Berta aparece como um caso único de sistema de governança. Se, por um lado, o filiado da Fundação é um cliente de todos os benefícios e serviços que a Entidade opera, por outro ele é um potencial dirigente. Quem completa 10 anos de serviço pode concorrer a uma cadeira no Colégio Deliberante, órgão máximo da Fundação Ruben Berta. Nos primeiros 50 anos da Fundação, o Colégio Deliberante elegeu os presidentes da VARIG, enquanto estes acumularam o cargo com a presidência da Entidade. Em 1995, o Colégio Deliberante escolheu dentre seus membros o primeiro Conselho de Curadores da Fundação. Sua função é administrar a Entidade e a FRB-Par Investimentos Ltda., holding para a qual foram transferidos os bens mobiliários da Fundação.

Em 2002 a Fundação lançou o seu novo logo, se dissociando do logo da VARIG.

 

Quem criou a Fundação?
Filho de Martin Felix Berta e Helena Maria Lenz, Ruben Martin Berta nasceu em Porto Alegre em 5 de novembro de 1907. A infância e a adolescência seguiram o padrão das famílias da modesta classe média porto-alegrense, de origem alemã e luterana. No início de 1927, já freqüentava o curso de medicina quando, por necessidade do sustento familiar, resolveu atender a um curioso anúncio de emprego de uma companhia de aviação comercial em implantação, a S.A. Empresa de Viação Aérea Rio-Grandense. Dentre os poucos candidatos que apareceram, o jovem Berta foi o escolhido. Aos dezenove anos, tornou-se o primeiro funcionário da VARIG. Segundo Otto Meyer, fundador da companhia, Berta nada lhe perguntou sobre salário, tarefas ou extensão da jornada de trabalho. Apenas aceitou o emprego e o desafio. A empatia parece ter sido imediata. Atração pelo pioneirismo do empreendimento ou pelo velho fascínio humano de voar? As duas coisas, provavelmente. Começava aí uma história que Ruben Berta e a VARIG viveriam juntos por quarenta anos.

“A Varig não é, nem a Fundação alguma vez poderá sê-lo, uma espécie de Santa Casa de Misericórdia. A primeira precisa concorrer nos mercados através da eficiência; a segunda só pode ajudar os outros a ajudar a si mesmos.”


Berta (esq.) com Otto Meyer, fundador da VARIG, na década de 60

 

Missão:

Promover o bem-estar dos seus beneficiários com ações direcionadas à melhoria da qualidade de vida, constituindo-se em elemento de motivação e de comprometimento dos funcionários para com a Entidade e a empresa em que trabalhem. Ser modelo de gestão participativa e referência de mercado como estrutura fundacional, investidora e controladora de empresas, ágil e eficaz na prestação de serviços, voltada ao bem-estar de seus beneficiários.

Para tanto, deverá:
Intensificar cooperação com clientes, organizações e profissionais;
Ser percebida como fator diferencial pelos clientes de suas empresas;
Ser a melhor opção de atendimento para as necessidades individuais e corporativas, antecipando-se às mesmas e superando as expectativas dos clientes;
Ser uma organização ágil, empreendedora, inovadora e revolucionária em processos, com estrutura e custos adequados, autonomia gerencial, voltada para resultados e atenta às exigências de mercado;
Possuir valores éticos que inspirem seus funcionários a praticarem os mesmos valores, sendo modelo para as empresas nas quais detenha participação no capital;
Valorizar seus profissionais em todos os seus aspectos, desenvolvendo-os e tornando-os co-responsáveis por todo o processo, objetivando sua realização pessoal e profissional.

 

 

 

 

 

PÁGINA INICIAL

História
Anos 20
Anos 30
Anos 40
Anos 50
Anos 60
Anos 70
Anos 80
Anos 90
Anos 2000

 

Aeronaves
Dornier Wal "Atlântico"
Dornier Merkur "Gaúcho"
Klemm L-25
Junkers A-50
Junkers F-13
Messerschmitt 108 "Taiffun"
Messerschmitt M20
Junkers JU52
Fiat G2
De Havilland DH89A
Lockheed Electra I
Nordwyn UC641
Douglas DC-3
Curtiss C-46

Convair 240
Lockheed Super G Constellation
Caravelle 1
Boeing 707-441
Douglas DC-6
Lockheed Electra II
Convair 990A
Douglas DC-8-33
Boeing 707-320
HS-748 "Avro"
Boeing 727-100
Boeing 737-200
Douglas DC-10-30
Airbus A300B4
Boeing 747-200
Boeing 747-300
Boeing 767-200ER
Boeing 737-300
Boeing 767-300ER
MD-11
Boeing 747-400
Boeing 737-700
Boeing 737-800
Boeing 777-200ER
Boeing 757-200

 

Rotas

 

Website
1996
2000
2002
2004
2005

 

Grupo Varig
Fundação Ruben Berta
FRB-PAR
VPSC
Ícaro Brasil
Rio Sul e Nordeste
Varig Cargo e Varig Log
Varig VEM

 

 

Marketing
1927-1969
Anos 70 e 80
Anos 90 e 2000

 

Design

 

Coleções
A bordo
Cartão Postal, Imagens e outros
Imagens das aeronaves
Logotipos & Passagens
Time Table